O seu browser está muito ultrapassado
Não suportamos esta versão do seu browser!
Está a visualizar esta página porque detetámos um browser desatualizado ou não suportado. Para continuar a navegar em wizzair.com e obter a melhor experiência durante a navegação, recomendamos que atualize o seu browser.
Estes são os que recomendamos:

Informações e serviços

Documentos de viagem

Accordions

Certifique-se de que, durante a reserva de um voo, indica o nome completo do passageiro de modo exato, ou seja, conforme consta do documento de viagem que o passageiro utilizará.

Em caso de erro durante a reserva, pode utilizar a opção online de alteração de nome gratuita na página de resumo do seu voo:

  • Título errado (masculino/feminino)
  • Nome abreviado (Tomás J. Esteves vs. Tomás João Esteves)
  • Erro ortográfico/gralha até 3 carateres

Para outras correções de nome, contacte o Centro de atendimento da Wizz Air no prazo de 2 horas após a reserva. Após esse prazo, deverá ser paga uma taxa de alteração de nome:

  • [name-change location=WizzairCom] quando faz a alteração de nome no nosso site
  • [name-change location=CallCentre] quando faz a alteração de nome através do Centro de atendimento da Wizz Air. Será aplicada uma Taxa de transação do Centro de atendimento além da Taxa de alteração de nome.

Todos os clientes em voos internacionais têm de ter um passaporte válido e, sempre que necessário, um visto válido. Os cidadãos da União Europeia, do Espaço Económico Europeu e da Suíça podem viajar dentro da Europa com um bilhete de identidade nacional ou um passaporte da UE/EEE/Suíça.

O seu passaporte tem de estar em boas condições e assinado por si. Alguns países exigem que os passaportes tenham um período mínimo de validade após a data da sua viagem. Estes regulamentos podem variar consoante o país, pelo que deve certificar-se de que os consulta e está em conformidade com os mesmos antes da sua viagem.

Para obter mais informações sobre os requisitos específicos de vistos e passaportes, entre em contacto com o Consulado ou a Embaixada do país que pretende visitar. A equipa de Atendimento ao cliente da Wizz Air não está habilitada a fornecer-lhe aconselhamento sobre os requisitos específicos de vistos e passaportes. O passageiro é totalmente responsável pela existência, propriedade e validade dos seus documentos e por garantir que está apto para viajar e entrar no país de destino com os seus documentos de viagem. A Wizz Air não se responsabiliza por quaisquer custos incorridos por danos resultantes do incumprimento dos requisitos acima referidos por parte do passageiro.

O passageiro é totalmente responsável por quaisquer custos ou danos causados à Wizz Air devido ao incumprimento dos requisitos acima referidos.

O passageiro é totalmente responsável por quaisquer custos ou danos causados à Wizz Air devido ao incumprimento dos requisitos acima referidos.

A entrada dos passageiros pode ser recusada se a Wizz Air tiver motivos razoáveis para considerar que os passageiros não cumprem os requisitos de entrada do País da escala acordada ou do Local de destino ou se não tiverem fundos que cubram a estadia. Os passageiros que possam comprovar que estão a entrar no país para participar num circuito organizado, acampamento juvenil, evento desportivo, para tratamento médico, participação num programa acordado internacionalmente ou que tenham os custos da sua estadia pagos devem ter a confirmação da reserva acima mencionada.

Para consultar os documentos de viagem que serão necessários para passar a fronteira para outro país da UE, siga as hiperligações abaixo:
Documentos de viagem para cidadãos da UEDocumentos de viagem para cidadãos fora da UE

Nota importante: A Wizz Air não opera voos de ligação. Caso tenha 2 ou mais reservas diferentes no mesmo dia, estas são consideradas reservas não relacionadas, pelo que o passageiro terá de abandonar a zona de trânsito. Assim, deverá certificar-se de que os seus documentos são válidos para cada país de chegada/partida.
Os portadores de documentos de viagem de acordo com a Convenção de 1951 devem fornecer documentos do Consulado ou da Embaixada que indiquem que têm autorização para viajar sem visto ou devem possuir um visto para o respetivo destino.

Os vistos eletrónicos emitidos pela Federação Russa podem não ser aceites para viajar se houver uma falha de correspondência entre as informações do seu passaporte e do visto eletrónico.

Antes do voo, certifique-se de que verifica as seguintes informações no seu visto eletrónico:

  • O número do passaporte está correto
  • O seu nome completo está preenchido (incluindo todos os nomes próprios) e não existem erros ortográficos
  • Apenas são utilizados carateres do alfabeto latino e os carateres nacionais (como Ñ, É, Ü ou Ç) não são aceites
  • A sua data de nascimento está correta

Recomendamos que verifique a “linha de leitura automática” do seu passaporte que se encontra na parte inferior da mesma página e certifique-se de que todos o detalhes são idênticos aos dados no visto eletrónico, incluindo o nome e o número do passaporte. Por exemplo, se os nomes na área visual do passaporte forem "Séo Türre", é obrigatório utilizar os nomes da linha de leitura automática "Seo Tuerre".

P<UTOTUERRE<<SEO<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

L898902C<3UTO6908061F9406236ZE184226B<<<<<14

Não se esqueça de que o seu visto eletrónico apenas será aceite para viajar se o seu nome for totalmente idêntico ao nome que se encontra na “linha de leitura automática” do passaporte.

Para obter mais informações, aceda a https://evisa.kdmid.ru/

Se detetar uma falha de correspondência, certifique-se de que corrige os detalhes do visto eletrónico antes de viajar.

Os menores devem ter o seu próprio passaporte ou documento de viagem sempre que viajam dentro da UE.

Para além do seu próprio passaporte ou bilhete de identidade válido, todas as crianças que viajarem:

  • sozinhas; ou
  • com adultos que não sejam o respetivo tutor legal; ou
  • apenas com um dos progenitores,

podem necessitar de um documento (oficial) adicional assinado pelos pais, pelo outro progenitor ou pelo(s) tutor(es) legal(ais) que as autoriza a viajar.

Para obter mais informações, clique aqui.

A partir de 15 de janeiro de 2017, os cidadãos franceses e residentes em França menores de 18 anos só podem viajar sozinhos (sem um progenitor ou tutor legal) se tiverem em sua posse um formulário de autorização de viagem (“l'autorisation de sortie du territoire")

Os passaportes não biométricos já não são válidos para viajar fora da Albânia (independentemente da data de validade) e só serão aceites para viajar para a Albânia.

Os documentos de viagem emitidos há mais de 10 anos antes da data de chegada não são aceites.

Poderá ser recusada a entrada de passageiros que não possuam bilhetes de ida/volta ou outra prova aceitável de uma viagem de ida/volta.

Os passaportes têm de ser válidos por, pelo menos, 3 meses após a data de regresso.

Os cidadãos da Geórgia que possuam passaportes biométricos podem viajar para o Espaço Schengen sem um visto durante um período de 90 dias por cada período de 180 dias para outros fins além dos profissionais.

INFORMAÇÃO PARA OS CIDADÃOS DA GEÓRGIA

Utilização de portas de passaporte eletrónico

Ao chegar ao Reino Unido, pode poupar tempo utilizando as portas de passaporte eletrónico disponíveis na maioria dos aeroportos do Reino Unido. Para utilizar as portas de passaporte eletrónico, o seu passaporte tem de possuir uma zona de leitura ótica (MRZ). Para obter mais informações, consulte o site da Border Force (autoridade fronteiriça do Reino Unido).

Programa de viajantes registados (Registered Traveller Scheme)

Se tiver um passaporte de um país fora da UE, pode, ainda assim, usufruir das vantagens de utilizar as portas de passaporte eletrónico aderindo ao programa de viajantes registados. Para obter mais informações sobre o programa, assim como a lista dos países elegíveis, consulte o site da Border Force(autoridade fronteiriça do Reino Unido).

Poderá ser recusada a entrada de passageiros se estes não dispuserem de fundos para cobertura a estadia.

INFORMAÇÃO PARA PASSAGEIROS QUE VIAJAM PARA ISRAEL

Poderá ser recusada a entrada de passageiros que possuam um passaporte temporário.

INFORMAÇÃO PARA PASSAGEIROS QUE VIAJAM PARA OS EAU

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes

Tem de apresentar todos os documentos de viagem válidos necessários no check-in ou na porta de embarque. De igual modo, tem de cumprir os requisitos de entrada e migração do país de origem, de passagem e de chegada. Se não possui o passaporte, o visto ou qualquer documento de viagem necessário e caso a sua entrada num país seja alvo de recusa, pode ser considerado responsável pelas sobretaxas de transporte e custos de provisão daí decorrentes.

Para obter informações mais exatas acerca dos requisitos para o visto, contacte os ministérios dos negócios estrangeiros, as embaixadas ou os consulados dos países que pretende visitar. Terá de apresentar o mesmo documento que forneceu durante o check-in online.

Caso ainda não tenha uma reserva confirmada, recomendamos vivamente que reserve os seus voos de ida e de regresso em duas reservas separadas. Neste caso, poderá utilizar diferentes documentos de viagem quando fizer o check-in. Caso já tenha uma reserva confirmada, contacte o Centro de atendimento da Wizz Air

As autoridades fronteiriças podem recusar a entrada no seu país, com base em informações às quais não temos acesso. Não será reembolsado pelo custo de qualquer voo ou serviço do qual não pôde usufruir devido à recusa, mas poderá ser considerado responsável pelas sobretaxas de transporte e custos de provisão daí decorrentes.