Documentos de viagem

Informações e serviços

Documentos de viagem

Accordions

Certifique-se de que, durante a reserva de um voo, indica o nome completo do passageiro de modo exato, ou seja, conforme consta do documento de viagem que o passageiro utilizará.

Se tiver introduzido um erro durante a reserva, pode utilizar a opção online de alteração de nome gratuita na página de resumo do seu voo nos seguintes casos:

  • Título errado (masculino/feminino)
  • Nome abreviado (Tomás J. Esteves vs. Tomás João Esteves)
  • Erro ortográfico/gralha (até 3 carateres)

Para outras correções de nome, contacte o Centro de atendimento da Wizz Air no prazo de 2 horas depois de efetuar a reserva. Após esse prazo, deverá ser paga uma taxa de alteração de nome:

  • [name-change location=WizzairCom] quando faz a alteração de nome no nosso site
  • [name-change location=CallCentre] quando faz a alteração de nome através do Centro de atendimento da Wizz Air. Será aplicada uma Taxa de transação do Centro de atendimento além da Taxa de alteração de nome.

Caso não tenha a certeza dos requisitos de visto dos países para os quais viajará, consulte o Centro de viagens da IATA para obter informações.

De acordo com a lei romena n.º 248 de 2005 (relativa às normas de livre circulação dos cidadãos romenos no estrangeiro), os cidadãos romenos com menos de 18 anos de idade apenas podem viajar para o estrangeiro se acompanhados por ambos os progenitores ou por um progenitor/um adulto e na posse da documentação obrigatória.

Caso não estejam acompanhados por ambos os progenitores, o outro progenitor ou a outra pessoa deve ter uma procuração do outro progenitor ou de ambos os progenitores. A procuração deve incluir o seguinte:

  • país de destino
  • período de permanência
  • a autorização do outro progenitor ou de ambos os progenitores para viajar
  • um atestado de óbito do outro progenitor ou de ambos os progenitores se aplicável
  • caso o acompanhante adulto não seja um dos progenitores, deve ter uma cópia do respetivo registo criminal

Obtenha mais informações acerca das normas e regulamentos.

As crianças ucranianas com menos de 16 anos de idade só podem passar a fronteira da Ucrânia com a autorização de ambos os progenitores (pais adotivos ou tutores), acompanhados pelos mesmos ou acompanhados por pessoas designadas pelos mesmos.

As crianças deverão estar na posse de um passaporte estrangeiro/documento de viagem para crianças válido ou deverão figurar no passaporte estrangeiro de um dos progenitores (quando viajarem com esse progenitor).

Quando as crianças ucranianas com menos de 16 anos de idade saem do território da Ucrânia acompanhadas por um progenitor ou uma pessoa designada por um dos progenitores e o outro progenitor não está presente no posto de passagem de fronteira, deverá ser apresentada uma autorização autenticada desse outro progenitor, onde seja especificado o país de destino e a hora da viagem.

A autorização autenticada do outro progenitor não é obrigatória nos seguintes casos:

  • quando o outro progenitor – que não está presente no posto de passagem de fronteira – é uma pessoa apátrida ou de nacionalidade estrangeira
  • quando um cidadão com idade inferior a 16 anos tem uma menção no passaporte a indicar que o mesmo deixa permanentemente a Ucrânia ou está registado no Consulado da Ucrânia no estrangeiro
  • não é igualmente necessária a autorização do outro progenitor se os seguintes documentos ou cópias autenticadas forem apresentados: atestado de óbito do outro progenitor; decisão judicial a indicar que o outro progenitor está privado dos respetivos direitos parentais; decisão judicial a indicar que o outro progenitor está desaparecido; decisão judicial a indicar que o outro progenitor está incapacitado; decisão judicial a permitir que uma criança deixe o território da Ucrânia sem autorização e não acompanhada pelo outro progenitor;

A partir de15 de janeiro de 2017, os cidadãos franceses e residentes em França com menos de 18 anos de idade só podem viajar sozinhos (sem um progenitor ou tutor legal) se tiverem em sua posse um formulário de autorização de viagem (“l'autorisation de sortie du territoire”).

O formulário contém as seguintes informações:

  1. O apelido, nomes próprios, data e local de nascimento da criança menor de idade autorizada a sair do território;
  2. O apelido, nomes próprios, data e local de nascimento do titular da autoridade parental que assinou a autorização, a qualidade na qual exerce a sua autoridade, o seu domicílio, a sua assinatura e, se aplicável, os seus detalhes de contacto, números de telefone e endereço de e-mail;
  3. A duração da autorização,que não pode exceder um ano a partir da data da assinatura.

O formulário tem de ser preenchido e assinado pelo progenitor ou pelo tutor legal. Também tem de ser fornecida uma fotocópia de um documento de identificação válido do progenitor ou do tutor legal que forneceu a assinatura no formulário.

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes

Tem de apresentar todos os documentos de viagem válidos necessários no check-in ou na porta de embarque. De igual modo, tem de cumprir todos os requisitos de entrada e migração do país de origem, de passagem e de chegada. Se não possui o passaporte, o visto ou qualquer documento de viagem necessário e caso a sua entrada num país seja alvo de recusa, pode ser considerado responsável pelas sobretaxas de transporte e custos de provisão daí decorrentes.

Para obter informações mais exatas acerca dos requisitos para o visto, contacte os ministérios dos negócios estrangeiros, as embaixadas ou os consulados dos países que pretende visitar. Terá de apresentar o mesmo documento que forneceu durante o check-in online.

Caso ainda não tenha uma reserva confirmada, recomendamos vivamente que reserve os seus voos de ida e de regresso em duas reservas separadas. Neste caso, poderá utilizar diferentes documentos de viagem quando fizer o check-in. Caso já tenha uma reserva confirmada, contacte o Centro de atendimento da Wizz Air.

As autoridades fronteiriças podem recusar a entrada no país, com base em informações por nós desconhecidas. Não lhe efetuaremos o reembolso do preço do voo ou serviço de que não conseguiu usufruir devido à recusa, mas pode ser considerado responsável pelas sobretaxas de transporte e custos de provisão daí decorrentes.